Este site usa cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao continuar e navegar pelo site, você aceita o uso de cookies.

Para informações completas, consulte nossa Política de Privacidade.

Plataformas e o marketing digital: como ampliar a eficiência da sua equipe

Por: Ricardo Trigo

Plataformas e o marketing digital
Posted on Mar 20, 2018

O novo mundo digital exige um entendimento cada vez mais rápido e ágil sobre o nosso público. O consumidor de hoje tem mais poder de decisão do que nunca, com milhares de alternativas - inclusive a concorrência - ao alcance de um clique.  Com isso, as empresas precisam manter com o seu público uma comunicação de alta qualidade, que deve ser relevante e cada vez mais personalizada, com a mensagem certa, no momento adequado, com o formato correto e em qualquer um dos canais em que o consumidor estiver. Estamos falando de marketing digital.

Torna-se evidente, então, que não há mais como permanecer e crescer no ambiente digital sem os insumos básicos de conhecimento profundo do consumidor e de como se relacionar com ele. A marca das empresas está fundada hoje na experiência do consumidor, que deve ser monitorada, acompanhada, mapeada e bem entendida - e deve ser, também, mais satisfatória possível: o cliente tem que estar no centro da sua estratégia. E para auxiliar nesse processo, as organizações podem contar com as plataformas digitais, isto é, os ambientes e as soluções usados pelos times técnicos e de negócios para ativar essa melhor experiência para seus consumidores.

 

"As plataformas digitais podem causar disrupção em indústrias inteiras, criando novos ganhadores e perdedores. Elas podem influenciar o comportamento de bilhões de consumidores e centenas de milhares de desenvolvedores e fabricantes."

Ameet Ranadive, Product Director do Instagram

 

E como escolher aquela que seja a mais adequada para as demandas de comunicação do seu negócio? A escolha de uma plataforma digital para gestão da comunicação da empresa é do que trata este artigo.

 

Integração segue necessária

Desde já é importante dizer: não existe, atualmente, uma plataforma que entregue o tão sonhado “end-to-end” do processo de gestão do consumidor. E o motivo é muito fácil de entender: existem diversos perfis de pessoas com atuação dentro de uma operação completa, dos gestores e operadores de mídia ao pessoal de campanha, sem esquecer de analytics, web, apps, branding, etc. Também deve-se levar em conta a necessidade de termos sistemas bem específicos para entregarem o que cada uma dessas pessoas ou times se dispõe a entregar - e, pelo menos por enquanto, não há uma única plataforma capaz de abarcar tal diversidade de funções, objetivos e entregas. Portanto, uma coisa é certa: considere conviver ainda com as temidas integrações entre sistemas, plataformas e legados, seja qual for a plataforma escolhida.

 

Fornecedores avaliados

Dentre as grandes empresas fornecedoras de plataformas digitais, podemos citar algumas bem posicionadas pela Forrester em sua terceira avaliação de plataformas digitais, publicada em setembro do ano passado. A avaliação é feita com base na oferta atual das companhias (conteúdo, marketing, serviço, comércio, análise, dados de clientes, personalização e desenvolvimento e operações) e estratégia (visão e roadmap, consistência e coesão no portfólio e estratégia de nuvem), com outras subdivisões.

As mais bem posicionadas são Oracle, Adobe, Salesforce e SAP Hybris, sendo que a Oracle é a líder, sozinha, em experiência digital. Mas todas, é claro, têm seus gaps. Confira um resumo da última avaliação.

 

Oracle - líder única em experiência digital, foi considerada como tendo o mais amplo conjunto de recursos entre os provedores de experiência digital pesquisados, com pontos fortes em conteúdo, comércio, marketing, dados, análises e atendimento ao cliente.

Adobe - primeira posição, sozinha, em termos de conteúdo e dados de clientes, e vinculada ao SAP Hybris, em primeiro lugar em parceiro de serviço. A empresa, que já foi líder, não foi bem avaliada em comércio, serviço e desenvolvimento e operações, e ficou na sexta posição em estratégia de nuvem (à sua frente ficaram, inclusive, as estreantes na lista BloomReach, Magento e Sprinklr).

Salesforce - primeiro lugar em serviços e em visão, junto com a Oracle, segundo em personalização..

SAP Hybris - primeira posição em comércio e como parceiro de serviço.

 

Em relação a integrações, todas vão depender, em algum momento, da interação do time de TI, mas algumas estão mais bem preparadas do que outras em um ou outro campo de atuação. Mesmo assim, podem depender de outros parceiros para a entrega de soluções para mídia, campanha, entre outros.

Na questão go-to-market, estas empresas têm estratégias distintas. A Adobe, por exemplo, é focada no marketing digital. SAP Hybris, no segmento de commerce, enquanto a Salesforce, já consolidada na frente de CRM, vem crescendo sua presença na área de marketing, com sua solução Marketing Cloud.

 

Banner Whitepaper

 

Dicas para escolher

Ficou claro, então, que para escolher uma plataforma, você tem que considerar as demandas e os objetivos do seu negócio para poder decidir. Tratando de marketing digital, baseado na nossa experiência, pense no que a sua empresa quer obter com essa plataforma de comunicação:

 

  • estreitar os laços com o público?
  • estar ao lado do cliente ao longo de sua jornada, entendendo seus momentos e conseguindo chegar com a mensagem certa, na hora certa, em qualquer canal em que o cliente possa estar?
  • fidelizar clientes?
  • aumentar a visibilidade da marca?
  • posicionar a empresa como autoridade em sua área de atuação?
  • atrair novos clientes em potencial?
  • reforçar o relacionamento no pós-venda?
  • engajar os colaboradores?
  • tudo isso e ainda mais?

 

No processo de avaliação das plataformas disponíveis, antes de tomar qualquer decisão, procure conversar com as equipes, incluindo o pessoal técnico, para entender melhor as necessidades dos times, a abrangência que a plataforma escolhida deverá ter e os resultados esperados. Mesmo que você vá dar a palavra final, ouça todos os envolvidos. Cada time ou colaborador vai contribuir com um olhar mais específico para formar o cenário geral das demandas a serem supridas.

Não esqueça que entregar valor ao cliente - antes até que ele faça qualquer compra -  é fundamental para qualquer empresa que deseja um crescimento saudável.

Como reflexão final, vale entender e aceitar que não há no mercado uma “solução mágica” que resolva todas as questões, mas há certamente soluções facilitadoras. A Adobe é com certeza uma delas e, em minha avaliação, ainda está à frente das outras porque potencializa o investimento das empresas; facilita a implantação e integrações com total autonomia para o time de marketing e entrega soluções que realmente auxiliam a fazer a gestão da jornada do consumidor.

As integrações são inevitáveis, o sofrimento com elas é opcional, mas a experiência do consumidor é a marca da companhia. Pense bem nisso quando for escolher suas soluções!

 

 

Infográfico - Plataformas e o marketing digital