Este site usa cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao continuar e navegar pelo site, você aceita o uso de cookies.

Para informações completas, consulte nossa Política de Privacidade.

CI&T investe em espaço de transformação digital no Vale do Silício

Nova base em São Francisco será inaugurada em março de 2019, levando conceito experimentação e criação com foco no consumidor já usado no Brasil.

CI&T leva espaço de transformação digital para o Vale do Silício
Posted on Sep 5, 2018

Como parte das fortes estratégias de internacionalização, a CI&T está reformulando a base em São Francisco para levar ao Vale do Silício o conceito Prisma, espaço de co-criação que serve como vitrine de como os princípios Lean se aplicam na condução de processos de transformação Lean Digital e da inovação em marcas líderes de mercado.

“Iremos trazer a São Francisco um modelo que permita resolver os problemas de nossos clientes de novas formas, com a proposta de se mover rapidamente no caminho da inovação”, afirmou o VP global de inovação da CI&T, Leonardo Matiazzi.

O conceito do Prisma foi criado em 2016 na sede de Campinas, mudando a forma como os negócios se organizam, tanto gerencial quanto visualmente. Equipes multidisciplinares, ausência de salas fixas para as lideranças, mesas modulares em todo o ambiente de trabalho e um grande número de painéis para gerenciamento do fluxo de trabalho espalhados pelo local são algumas das características desse formato, que é combinado com os métodos de gestão Ágil e Lean (enxuto) – este último visa criar, utilizando técnicas de design thinking e recursos digitais, um processo desburocratizado de criação de soluções com foco no cliente dos parceiros da empresa.

“Teremos salas de cocriação, um espaço maker onde criamos protótipos das soluções planejadas para os clientes, e laboratórios de usabilidade, para realizar testes e verificar, com ajuda de inteligência artificial, a viabilidade dessas criações”, diz Matiazzi.

O novo Prisma ainda será usado como ponte para os clientes brasileiros – que incluem nomes como Coca-Cola, AB InBev, Itaú e Bradesco – buscarem novos negócios e parcerias nos Estados Unidos, e também para o intercâmbio entre colaboradores e colaboradoras.

 

Leia a repercussão na mídia:

Época Negócios

Meio & Mensagem

TI Inside