Este site usa cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao continuar e navegar pelo site, você aceita o uso de cookies.

Para informações completas, consulte nossa Política de Privacidade.

Lean digital finalmente chega a CEOs

Em entrevista concedida para a Planet Lean, Cesar Gon, nosso CEO fala sobre o tema.

Lean digital finalmente chega a CEOs
Posted on Nov 12, 2018

 

Quando inovação e transformação é o objetivo e o foco principal de uma companhia, a presença das lideranças no campo de jogo é muito importante. Afinal, alguns dos desafios como a quebra de silos, uma cultura colaborativa, ver problemas como oportunidades, focar no que realmente é valor para o cliente, devem ser encabeçados não mais pelos CIOs ou CTOs, mas pelos CEOs. Esse assunto foi o tema da entrevista dada pelo Cesar Gon, nosso CEO, para a Planet Lean - The Lean Global Network Journal - na última semana.

No papo, ele conta sobre a transformação que a gente passou há alguns anos atrás e como, nesse processo, foi importante a igual transformação de mindset da liderança: “Contradizendo o que os princípios lean estavam nos ensinando, meu time de liderança e eu ainda estávamos basicamente seguindo uma abordagem de comando e controle. Havia uma desconexão entre a liderança e os times Agile. Um dia, durante uma reunião informal com um coach Agile, eu tive uma revelação quando ele me disse: ‘Se você remover os gerentes, vamos poder escalar a oferta. Os gerentes fazem as perguntas erradas e estão olhando para as métricas erradas’. Foi aí que começamos a nos perguntar como o lean poderia ser nosso sistema de gerenciamento.“

Metodologias e práticas como o A3, hoshin e o total engajamento da liderança faz com que tomadas de decisões e resoluções de conflitos passem a durar apenas 2 semanas, ao invés dos tradicionais seis meses. Esse tipo de abordagem surpreende os CEOs que, em alguma medida, já tentaram embarcar no Lean Digital Transformation e em métodos Agile.

Tendo isso em mente, “ao longo do tempo ficou claro para nós que podíamos ajudar outras empresas a alavancar oportunidades digitais como uma nova oferta. Nossa primeira missão desse tipo envolveu 300 pessoas da CI&T ajudando um grande banco a mudar o jeito de gerenciar iniciativas, entregar 10 vezes mais rápido, e desenvolver lideranças.” Dado o tamanho da mudança, fica claro que “este não é um assunto que deve ser liderado por uma consultoria, mas por líderes”, Cesar explica.

Leia a entrevista original completa neste link.